Vereadores desmentem informações sobre fechamento de campo no Valentina

Publicado em: 01/03/2016 às 13h32

Sérgio da SAC (SD) e Marmuthe (PSD) trataram, em seus pronunciamentos nesta terça-feira (1º), sobre o suposto fechamento do Campo da Marquise, localizado no bairro Valentina Figueiredo.

Ajuste da letra
Os vereadores Sérgio da SAC (SD) e Marmuthe (PSD) se pronunciaram na sessão ordinária desta terça-feira (1º), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), para tratar sobre o suposto fechamento do Campo da Marquise, localizado no bairro Valentina Figueiredo, na Capital paraibana. Ambos os parlamentares desmentiram as informações que circulam desde a semana passada e garantiram que o equipamento esportivo não será desativado.

Sérgio da SAC afirmou, na tribuna da Casa, que entrou em contato com a Gestão Municipal e esta garantiu que não existe a intenção de fechar o campo para construção de um terminal de integração na localidade. “Surgiram boatos, na semana passada, de que o Campo da Marquise iria acabar, mas eu liguei para o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e nem ele tinha conhecimento desse projeto. Não existe isso”, revelou.

O parlamentar Marmuthe, ao abordar o mesmo tema em seu pronunciamento, explicou que, na verdade, anteriormente tinha sido levada uma sugestão da Semob para a comunidade, como também discutidas melhorias no transporte público oferecido no local. No entanto, o campo não seria comprometido, ao contrário, haveria ações de revitalização e melhorias na sua estrutura.

Marmuthe também criticou os protestos que teriam sido articulados no bairro em torno da situação. “Fiquei estarrecido com aquela incitação à violência que foi feita lá no Valentina. Chamaram a população para discutir uma situação que não existe e ainda queimaram pneus, não pensaram na saúde de idosos, gestantes, recém-nascidos e pessoas enfermas inalando fumaça nociva à saúde”, lamentou.

Em apartes aos dois pronunciamentos, o vereador Renato Martins (PSB) rebateu as informações e disse que a Gestão Municipal recuou da proposta após as reclamações da população. “O prefeito queria fazer algo inominável, que era criar um terminal onde nem ônibus tem direito, acumulando os usuários e favorecendo ainda mais a superlotação no transporte da Região Sul. Esse recuo foi uma vitória importante, fruto da movimentação e da luta popular”, comentou o socialista.

Érika Bruna Agripino

Todos os Direitos reservados.
É proibida a reprodução parcial ou total deste site sem prévia autorização.

Câmara Municipal de João Pessoa
Rua das Trincheiras,43 - Centro - João Pessoa - Paraíba
CEP: 58011-000 Tel/Fax (83) 3218 6300

Contato Contato

WEBMAIL